Carga Tributária nos EUA: guia completo[2021].

5
(4)

A carga tributária de um país se dá entre a união dos impostos que compõem seu produto interno bruto.

Formado pelos impostos: federais, estaduais e municipais, que são cobrados em produtos e serviços.

Conforme os impostos são recolhidos, os órgãos responsáveis devem aplicá-los em setores como: saúde, educação, transporte, entre outros.

Neste artigo você verá que a carga tributária nos EUA varia de Estados para Estados, e como não é diferente no Brasil, alguns Estados por serem mais desenvolvidos, possuem uma porcentagem maior de arrecadação para o PIB.

carga tributaria nos eua

Carga tributária EUA x Brasil

Sabemos que os Estados Unidos está entre as maiores economias do mundo, em 2019, seu PIB chegou aos US$ 21.433,23 bilhões.

No mesmo ano, o PIB de nosso país foi de R$ 7.256,93 bilhões.

Realizando a conversão em dólares daquele ano, podemos concluir a carga tributária nos EUA é doze vezes maior que a carga tributária no Brasil.

Os Estados da Califórnia, Texas, Nova York e Flórida são o que possuem o maior PIB na carga tributária nos EUA.

A carga tributária brasileira é muito conhecida pelo peso que ela tem no bolso de todos nós.

E não é à toa; ela é uma das maiores cargas tributárias do mundo!

Justamente por isso, os preços dos produtos e do custo de vida, em geral, de outros países como os Estados Unidos, chamam a atenção dos brasileiros e sempre geram aqueles comentários como “Se eu morasse nos Estados Unidos, estaria bem de vida”.

O que muitos brasileiros não sabem é que para os americanos o imposto de renda pessoa física (IRPF) varia entre 10% a 39,60%.

No caso da carga tributária sobre as empresas, é muito importante que se saiba em qual estado americano ela está situada.

Como os EUA são uma federação que realmente dá independência para seus estados, cada local vai ter sua particularidade no momento da cobrança dos tributos.

Tudo isso, para garantir o funcionamento da máquina pública, ao mesmo tempo, em que sirva de incentivo para que novas empresas se instalem nos estados com menos impostos para que possam, assim, gerar mais emprego para a população e movimentar a economia local.

Trazemos abaixo, um pequeno guia de como funcionam esses impostos para as empresas e a população em geral nos estados mais conhecidos dos EUA.

Então…vamos lá!

Quais são os impostos dos EUA?

A composição da carga tributária nos EUA tem como base 82,57% de sua arrecadação incidindo sobre: renda, lucro, ganho de capital, folha salarial e propriedade (classes privilegiadas da nação norte-americana) e apenas 17,43% incidindo sobre bens e serviços (arroz, feijão, remédios, transportes).

Logo, dá para perceber que a ponta da economia — onde o trabalho realmente acontece — é muito mais livre para exercer suas atividades sem grandes taxações.

A seguir apresentaremos as características de cada em detalhes:

Federal Income Tax (Impostos de renda federal)

O imposto de renda federal é um tributo de renda federal cobrado sobre a renda de cidadãos americanos todos os anos.

Este imposto é a maior fonte de receita para o governo federal americano, com alíquotas que variam de 10% a 39,60%, com o imposto mais alto cobrado sobre aqueles com renda mais alta.

Income Tax (Impostos de renda estadual)

Os impostos também incidem sobre a renda anual, a diferença é que a alíquota deste imposto varia de região para região, e alguns estados nem mesmo precisam cobrar o imposto.

Semelhante ao imposto de renda federal, esse imposto também tem um “grau tributário” na maioria dos estados.

Sales Taxes (Taxas sobre vendas)

Depois de entender como funcionam os impostos de renda federal e estadual, é hora de aprender mais sobre o imposto nas vendas.

Você pode comparar o imposto sobre vendas com o ICMS pago no Brasil, mas tem uma diferença, a alíquota deste último varia de Estado para Estado como já abordamos acima.

Em relação aos produtos, a tributação é mais transparente.

Por exemplo, se você compra um produto que custa US$ 20 e tem uma alíquota de taxas sobre vendas de 12%, você paga apenas US$ 18.

Carga Tributária nos EUA: guia completo[2021]. 1

Impostos nos EUA por Estado.

Segue uma lista de alguns estados americanos e suas respectivas porcentagens de cargas tributárias no “Sales Taxes”:

Francisco: 8,5%

Califórnia: 8,38%

Arkansas: 8,61%

Rhode Island: 7%

Indiana: 7%

Orlando: 6,5%

Miami: 7% (em algumas regiões pode chegar a 6%)

Miami Beach: 7%

Chicago: 9,5%

Flórida: 7%

Wisconsin: 5%

Alabama: 8,45%

Nova York: 8,875%

Las Vegas: 8,25%

Na área metropolitana de São Francisco, por exemplo, as pessoas pagam uma média de cerca de $0,31 em impostos por cada dólar gasto em bens e serviços como alimentação ou vestuário (a terceira taxa mais baixa entre todos os 50 estados dos EUA).

Ou seja, um estado como São Francisco pode ter uma carga tributária menor que a de outros Estados.

Porém, este não é o único fator a se levar em conta, caso você vá começar sua atividade empresarial nos Estados Unidos da América!

Pensar somente na carga tributária nos EUA que você e sua empresa irão pagar pode ser um tiro no pé e, pior, o fator decisivo para seu empreendimento não dar certo!

Cidades que tem um padrão de vida mais elevado podem ter impostos mais altos ao mesmo tempo que ofertem para as empresas compradores dispostos a pagar a mais por serviços de maior qualidade.

Outro ponto é que, talvez, o seu público alvo esteja justamente nestas cidades.

E, considerando todo o lucro que você irá adquirir, valha a pena pagar impostos mais caros.

A visão do empresário deve ser muito bem aguçada na hora de tomar essas decisões.

Não se deve ignorar as taxas e alíquotas de impostos, mas é preciso também pensar em outros fatores, como custos de transporte e logística, público alvo e tipo de mercado.

Tudo isso irá influenciar diretamente sucesso do seu negócio.

È importante também não esquecer de avaliar o momento certo para declarar também o imposto de renda nos eua para pessoa física, uma vez que o empresário aumentará sua renda na medida que seu negócio crescer.

Taxa de importação dos EUA

Sabemos que os Estados Unidos é um dos principais parceiros comerciais do Brasil.

Os produtos que são importados dos EUA são bastante desejados pelos brasileiros.

Dados de uma pesquisa feita em 2019, mostra que entre os principais produtos importados dos EUA estão:

  • Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos.
  • carvão
  • Instalações e equipamentos de engenharia civil e construtores, e suas partes
  • Medicamentos, incluindo veterinários.

E muito outros produtos.

Já os EUA possui uma politica de importação, caso você esteja pensando em exportar seus produtos para lá, é preciso estar atentos nestas questões.

Importante verificar se o seu produto está inseto dos impostos de importação.

É bom deixar claro que os compradores serão atraídos pelas importações que possuírem o preço mais favorável.

Os Estados Unidos possuem acordos bilaterais com mais de 80 países, alguns como: Alemanha, Inglaterra, Argentina, Chile, Canadá, entre outros.

Ressaltando que os acordos podem mudar.

No portal da Siscomex, você pode fazer uma simulação de exportação.

É importante destacar um apoio de um parceiro logístico, ajudar e determinar a classificação tarifária que aplica ao seu produto.

Mas, agora que já falamos de tudo isso, você tem mais ferramentas e dados para enriquecer o planejamento de ação da sua empresa nos Estados Unidos.

E não esqueça de contar com a Showroom Global no hora de mostrar seus produtos ou serviços ao público americano!

Carga Tributária nos EUA: guia completo[2021]. 2

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário