Dicas sobre como importar roupas dos EUA ( Atualizado 2021)

5
(1)

Como importar roupas dos EUA para o Brasil em 2021 para revender? Será que ainda vale a pena? É lucrativo? É legal?

Estas, e tantas outras perguntas são feitas pelos nossos leitores e por mais centenas de milhares de pessoas pelo Brasil. Neste artigo atualizado vamos responder essas questões e lhe dar dicas de ouro que vão te ajudar grandemente na sua trajetória de como importar roupas dos EUA para revender.

Como importar roupas dos EUA para revender em 2021

como importar roupas dos eua

Não é novidade para você que os EUA têm marcas conhecidas e consumidas no Brasil de forma agressiva.

Isso abre uma grande possibilidade de empreendedorismo na área da importação e posterior revenda no mercado brasileiro.

Abaixo iremos compartilhar alguns passos sobre como importar roupas dos EUA.

1º passo: Se conscientize dos Custos de Importação e saiba se o lucro faz sentido

A forma de importar roupas dos EUA para revender no Brasil é semelhante ao método que funciona também para outros produtos como eletrônicos, iPhones, notebooks e etc.

Consiste basicamente em contratar uma empresa atuante nos EUA que redireciona sua compra para um endereço americano, para posteriormente enviar para seu endereço final no Brasil.

De tantas intermediadoras que existem no mercado, vamos citar a “We Get 2 U”, uma redirecionista de encomendas bastante usada por brasileiros que importam roupas e vários outros produtos dos EUA por um preço bem justo. A We Get 2 U é interessante por esses fatores:

  • 0% de impostos nos Estados Unidos em seus produtos;
  • Consolide suas encomendas em uma única caixa;
  • Fazem a compra assistida com você, sem taxas adicionais;
  • Pagamentos com cartão, boleto, PIX, Picpay, Mercado Pago e Paypal;
  • Já tem uma loja própria com vários produtos, se chama WeGet2U Shop (preço de atacado);
  • IOF a partir de 0,38% ao usar a Carteira WeGet2U para suas compras.

Não se esqueça da taxa da alfândega do Brasil de até 60% do valor da compra (a partir de 50 dólares, ok?).

Se você comprasse 560 dólares (mais ou menos 3.080 reais, em dias atuais), por exemplo, teria que se preparar para pagar o valor final de 3.080 + 1.848(60%) = 4.928 reais, caso fosse taxada.

Você pode até ter se assustado, mas precisa saber que os produtos aqui são muito mais caros do que nos EUA, possibilitando (mesmo com todas taxas) altíssima margem de lucro.

Dicas sobre como importar roupas dos EUA ( Atualizado 2021) 1

Vamos a um exemplo:

Você comprou seus 560 dólares de roupas de marca dos EUA para revender no Brasil. Isso te daria umas 92 camisas importadas (média de 6.21 dólares por camisa).

Só pra lembrar: Você pagou 4928 reais, e não o equivalente aos 560 dólares, ok? Vamos aqui supor que todas taxas fizeram o valor final desta comprar ir se parar nos 5.290 reais, só para exemplificar a incrível margem da importação.

Neste exemplo, com o dólar a R$ 5.50, você estaria pagando 57,50 reais em cada camisa com todos custos da importação (é muito mais barato que isso no mundo real, pode ficar bem tranquilo).

Você pode revender cada camisa, sem objeções, por R$ 129,99. Isso é algo muito abaixo do preço praticado em lojas oficiais no Brasil e você já começa dobrando (no mínimo) seu capital (a partir de 100% de lucro real).

2º passo: Providencie um cartão de crédito aceito internacionalmente

A grande maioria dos cartões do Brasil não são aceitos nos EUA, porém, os bancos estão olhando para isso.

Se você busca sobre como importar roupas dos EUA um cartão de crédito ser fundamental.

Você precisa habilitar o uso internacional de seu cartão de crédito (verifique se vale a pena, muitos bancos cobram taxas altas por isso, inviabilizando esse processo para nosso caso) ou procurar uma operadora de cartão internacional para pedir um novo cartão para você.

Pedir cartões internacionais costuma ser tranquilo, basta comprovar renda, ter nome limpo e comprovar sua residência.

Se cobrarem anuidade mais alta por este tipo de cartão, verifique a melhor opção de cartão para você (mesmo assim, vale a pena se você entrar de cabeça na importação).

Caso tenha dificuldades no passo do cartão, busque sobre como comprar dólar comercial.

Se você não tem nome limpo e não tem como conseguir cartões de crédito internacionais, aí vai a opção que resolve para qualquer pessoa: faça um cartão pré-pago que possa ser usado internacionalmente (quase todos servem).

Você tem um grande motivo pelo qual deve optar pelo cartão pré-pago:

  1. Cotação do dólar

    Para a maioria dos cartões comuns, a cotação do dólar é determinada no fechamento da fatura e não no dia da sua compra (isso é péssimo pois você perde a referência da margem de lucro que poderá ter).

    Nos cartões pré-pagos você sempre paga o valor do dólar do dia que usar o cartão, você tem todo controle de sua margem de lucro.

  2. Fácil Aprovação

    Você consegue facilmente abrir um pedido de cartão de crédito pré-pago, além de ter praticamente a certeza da aprovação, pois os riscos para as operadoras de crédito são pequenos: uma vez que você precisa tirar o dinheiro do bolso antes para depois poder usar o cartão nas suas compras.

  3. Não exige nome limpo e comprovante de renda

    Essa é uma grande dificuldade para o brasileiro, pois a inadimplência e desemprego assolam o país, logo, pessoas com nome sujo e sem renda comprovada representam mais da metade das pessoas em faixa etária de trabalho ativo. Agora você já sabe que isso não lhe impede de empreender com importação.

3º passo: Tenha um endereço americano (use um redirecionador de encomendas)

O frete dos EUA diretamente para o Brasil é um absurdo, além de ser evitado pela maioria das lojas dos Estados Unidos.

Por isso que os negócios redirecionadores de encomendas são inteligentes, eles servem como despachantes de mercadorias e intermediadores entre você e as lojas fornecedoras.

Essas empresas têm armazéns ou galpões nos EUA, o que possibilita a eles receber seus produtos e redirecionar para seu endereço no brasil. Já sugerimos nesta redação uma boa opção de empresa para contratar este útil serviço.

Eles já conhecem os processos burocráticos dos envios, fazendo-os de forma segura e dentro da lei. Você tem controle sobre quanto pagará de frete, bem como evitará ser taxado pela alfândega (eles enviam para você como pessoa física justamente para diminuir as chances dessa taxação).

Agora você está atualizado sobre como importar roupas dos EUA de forma legal e com alta margem de lucro, né?

Comente aqui abaixo o que você não sabia ainda sobre importação.

Dicas sobre como importar roupas dos EUA ( Atualizado 2021) 2

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário